24 de dezembro de 2009

Hot Clube: Há opiniões para tudo...

Há opiniões para tudo e até há quem ache que o incêndio que destruiu o prédio do Hot Clube foi uma feliz ocorrência. Esta é pelo menos a opinião de um blogue (Movimento Liberal Social) cujo post sobre este tema é no mínimo chocante e ultrajante para todos que conhecem a história do Hot Clube e a sua importância cultural para a cidade e país. Ali se formou uma esmagadora maioria de músicos e ali se produz música de qualidade desde 1954, sem subsídios nem apoios estatais

Eis, pois, uma parte do artigo que tanto nos repugnou e sobre o qual nos abstemos de fazer maiores juízos de valor pois o seu conteúdo fala por si e pela ideologia e agenda política que transporta. E revela também ignorância sobre o assunto, pois o prédio é propriedade da CML, que não pretende despejar o Hot, mas sim reabilitar o edifício para nele instalar a Casa do Jazz em Portugal... A mesma CML possui pelo menos mais dois prédios na Praça da Alegria que se encontram totalmente desabitados e em avançado estado de ruína, pelo que não é o facto de os prédios não terem "empresas aninhadas" (expressão do dito autor) que faz a diferença no seu destino...

O desconhecimento revela-se também no facto do autor desta prosa inqualificável rotular o Hot Clube de empresa, quando este é na verdade uma associação cultural sem fins lucrativos... e assim permanece desde que os seus estatutos foram aprovados em Março de 1950. Já agora, importa referir que foi concedido ao Hot, pelo então primeiro-ministro Cavaco Silva, o estatuto de instituição de utilidade pública.

É toda esta realidade que o referido autor se compraz em afirmar que ficou finalmente inviabilizada com este incêndio. Talvez gostasse também de ter visto arder os vários talentos que ali se fizeram ao longo de décadas: Rão Kyao, Mário Laginha, Maria João, Bernardo Sassetti, Carlos Barretto, Carlos Bica, irmãos Moreira, Paula Oliveira...


Mais uma vez, o fogo fez o trabalho

Quarta, 23/12/2009 - 10:11 — Luís Lavoura

Ontem no prédio onde se alojava o Hot Clube (uma casa de jazz), mais uma vez teve que ser o fogo a fazer o trabalho que deveria ter sido feito pelo Homem. Mas, felizmente, desta vez o trabalho ficou feito.

Era um prédio com uma cave, rés-do-chão e três andares. Antigo, em madeira e tabique. Um prédio portanto sem qualquer viabilidade nos tempos que correm. Os inquilinos dos andares habitacionais já o tinham abandonado. Mas o legítimo proprietário do prédio continuava sem poder fazer da sua propriedade o que quisesse ou o que deveria ser feito, pois que o rés-do-chão e a cave estavam arrendados a empresas - a cave ao Hot Clube - e as empresas não morrem facilmente (em geral são trespassadas por uma boa maquia, inversamente proporcional ao valor da renda). Como a lei das rendas antigas continua a, iniquamente, proteger as empresas, o Hot Clube e a empresa do rés-do-chão não podiam ser despejados pelo senhorio para que o prédio pudesse finalmente ser reabilitado, ou demolido e reconstruído.

Teve que ser um incêndio a fazer o trabalho que os políticos, através de uma alteração da lei das rendas, já há muito deveriam ter feito. O prédio ardeu, as empresas que nele se anichavam ficaram inviáveis. Ainda bem. Ficou consumado o despejo que há muito deveria ter tido lugar.

6 Comments:

At sexta dez 25, 02:02:00 da manhã 2009, Blogger da.rocha said...

para o caso do 'liberalismo' no blog dele não funcionar:


o senhor Luís... (estou a pensar como poderei começar.. mas não importa muito, na verdade o verbo 'pensar' por estes lados não abunda... mas eu vou tentar. eu prometo)
o senhor Luís... é um liberal!
é sim.

é um liberal porque diz o que lhe apetece... (peço desculpa por só usar maiúsculas com o seu nome. é minha mania de artista.)
é um liberal sim.
o senhor Luís.
diz o que lhe apetece e isso é óptimo para um liberal.

repare que até tive a preocupação de consultar manuais em moda hoje em dia, como a wikipedia, para poder estar ao nível do seu blog... e lancei-me. fui procurar a palavra liberalismo. (e não estou a ironizar, a wikipedia é um centro de conhecimento incrível. acredito que outros blogs que o senhor Luís acompanha e rádios que falem sobre prostituição na cimeira dinamarquesa também o sejam... juro. acredito.)

e eis que encontro:
"O liberalismo social, novo liberalismo, liberalismo moderno ou liberalismo radical, um desenvolvimento do liberalismo no início do século XX, tal como outras formas de liberalismo, vê a liberdade individual como um objectivo central."

.....o senhor Luís até agora conseguiu. eu também, creio.

 
At sexta dez 25, 02:03:00 da manhã 2009, Blogger da.rocha said...

"Derivado disto, os liberais sociais estão entre os mais fortes defensores dos direitos humanos e das liberdades civis, embora combinando esta vertente com o apoio a uma economia em que o Estado desempenha essencialmente um papel de regulador e de garantidor que todos têm acesso, independentemente da sua capacidade económica, a serviços públicos que asseguram os direitos sociais considerados fundamentais.
(...)
O Liberalismo Social é uma filosofia política que enfatiza a colaboração mútua através de instituições liberais, em oposição à utilização da força para resolver as controvérsias políticas."

......é claro que quando se lê "direitos sociais considerados fundamentais" o senhor Luís interpelaria no sentido de me alertar, e a quem o segue (?), que uma cave "sem qualquer viabilidade nos tempos que correm" que alberga o hot clube de portugal, nunca poderia ser tomada em um plano de 'direito social'. no fundo, para si, é só uma cave com uma empresa alocada. corrijo, se me permite senhor Luís, instituição de utilidade pública. espere... uma vez mais, instituição de utilidade pública. ah! ainda poderia pegar na expressão 'considerado fundamental' para a contra resposta. pois, de facto aqui talvez ganhasse uns 'pontos'. de facto a cultura não é um direito social fundamental para todos. pelo menos em países como o nosso, perdão, como o seu (mas é legítimo). normalmente os meus colegas 'engravatados' (a menos que queiram escolher um sítio para sair à noite com as respectivas senhoras e ouvir um jazz...) também não o achariam. é relativo.

disse álvaro de campos (aquele heterónimo):
"Repare ainda Fernando Pessoa no facto (...) de que a ciência tende para ser matemática à medida que se aperfeiçoa para reduzir tudo a fórmulas «abstractas», precisas, onde é máxima a libertação das «equações pessoais», isto é, dos erros de observação e coordenação produzidos pela falibilidade dos sentidos e do entendimento do observador."

.....a relatividade.

"Convém ainda avisar esses mesmos leigos que a expressão «relatividade» é aqui empregada no seu sentido tradicional e lógico e não no sentido, aliás infeliz e absurdo, em que se chama «da relatividade» à teoria de Einstein, que é simplesmente uma teoria, primeiro restrita, depois generalizada, do movimento relativo."

 
At sexta dez 25, 02:03:00 da manhã 2009, Blogger da.rocha said...

mas voltando atrás.
o liberalismo social. que tanto tenho aprendido aqui na wikipedia. e agradeço a si também.
"O Liberalismo Social é uma filosofia política que enfatiza a colaboração mútua através de instituições liberais, em oposição à utilização da força para resolver as controvérsias políticas."

ora portanto.
"Mais uma vez, o fogo fez o trabalho."
ora portanto.
"...mais uma vez teve que ser o fogo a fazer o trabalho que deveria ter sido feito pelo Homem. Mas, felizmente, desta vez o trabalho ficou feito."
pois. liberais sociais. que o fogo trate disso, pois então.

o senhor Luís.
é um liberal sim. e diz o que lhe apetece.

não vou confrontá-lo com leis de arrendamento. em primeiro porque pouco ou nada entendo, em segundo porque vestir o fato soa pouco (mas pouquinho) a liberal social. e não quero estragar aqui o seu espaço amarelo.
senhor Luís.
não vou confrontá-lo dizendo que está errado nos seus pedidos urgentes para a modificação da lei em assembleia da república.
venho só tentar pedir uma coisa que não encontrei significado na wikipedia. é verdade. não encontrei.
tento. tento nas palavras.

o senhor Luís.
é um liberal. e diz o que lhe apetece.
mas tenha tento nas palavras. aquela cave onde existia "uma casa de jazz" significou e significa muito para a produção musical deste país, para muitos músicos que o senhor Luís até é capaz de ouvir, quando o zapping do seu rádio se equivoca e passa por estações como a marginal. europalx. antena2. era o espaço de um dos mais antigos clubes de jazz da europa. repito, um dos mais antigos da europa. e não os 'velhos do restelo', senhor Filipe Melo Sousa (com maiúsculas).

o senhor Luís.
é um liberal.
hoje apeteceu-me também ser liberal. dizer o que me apetecia.
mas repare, com tento nas palavras.
repito, com tento nas palavras.

um bem-haja,
nuno da rocha
(músico e liberal)

 
At sexta dez 25, 04:52:00 da tarde 2009, Blogger da.rocha said...

mas voltando atrás.
o liberalismo social. que tanto tenho aprendido aqui na wikipedia. e agradeço a si também.
"O Liberalismo Social é uma filosofia política que enfatiza a colaboração mútua através de instituições liberais, em oposição à utilização da força para resolver as controvérsias políticas."

ora portanto.
"Mais uma vez, o fogo fez o trabalho."
ora portanto.
"...mais uma vez teve que ser o fogo a fazer o trabalho que deveria ter sido feito pelo Homem. Mas, felizmente, desta vez o trabalho ficou feito."
pois. liberais sociais. que o fogo trate disso, pois então.

o senhor Luís.
é um liberal sim. e diz o que lhe apetece.

não vou confrontá-lo com leis de arrendamento. em primeiro porque pouco ou nada entendo, em segundo porque vestir o fato soa pouco (mas pouquinho) a liberal social. e não quero estragar aqui o seu espaço amarelo.
senhor Luís.
não vou confrontá-lo dizendo que está errado nos seus pedidos urgentes para a modificação da lei em assembleia da república.
venho só tentar pedir uma coisa que não encontrei significado na wikipedia. é verdade. não encontrei.
tento. tento nas palavras.

o senhor Luís.
é um liberal. e diz o que lhe apetece.
mas tenha tento nas palavras. aquela cave onde existia "uma casa de jazz" significou e significa muito para a produção musical deste país, para muitos músicos que o senhor Luís até é capaz de ouvir, quando o zapping do seu rádio se equivoca e passa por estações como a marginal. europalx. antena2. era o espaço de um dos mais antigos clubes de jazz da europa. repito, um dos mais antigos da europa. e não os 'velhos do restelo', senhor Filipe Melo Sousa (com maiúsculas).

o senhor Luís.
é um liberal.
hoje apeteceu-me também ser liberal. dizer o que me apetecia.
mas repare, com tento nas palavras.
repito, com tento nas palavras.

um bem-haja,
nuno da rocha
(músico e liberal)

 
At terça dez 29, 03:54:00 da tarde 2009, Blogger Miguel Duarte said...

E até há opiniões contrárias no mesmo blogue.

 
At quarta dez 30, 12:40:00 da tarde 2009, Blogger Ricardo Santos said...

Não queria deixar de comentar, mas o que dizer de quem pronuncia semelhante discurso. Tão somente, achar que o Sr. Luís Lavoura, deve ser um homem triste sem ninguém que lhe dê atenção e a escrever coisas destas cada vez terá menos adeptos e leitores. Um pessoa triste, liberal e com tendências fascizantes, mais nada.

 

Enviar um comentário

<< Home


Site Meter Powered by Blogger