6 de janeiro de 2009

DOSE DUPLA de Jazz no CCB a partir de quinta-feira

DoseDuplafachadaCCB1.jpg

A partir de 8 de Janeiro e até 16 de Abril, todas as quintas-feiras (sem excepção) são de Jazz no Centro Cultural de Belém, num total de 15 concertos de entrada livre, sempre às 22h00.

DOSE DUPLA é um conceito desenvolvido e programado pelo blogue Jazz No País do Improviso, João Moreira dos Santos e Maria Viana e a sua designação deriva de todos os concertos deste ciclo assumirem a forma de duos compostos por um músico nacional e um convidado estrangeiro.

DoseDuplafachadaCCB2.jpg

DoseDuplaoutdoor.jpg

Os espectáculos têm sempre lugar na Recepção do Módulo 1, um espaço que promete espectáculos únicos e que será transformado para o efeito.

DSC_0164-1.jpg
DOSEDUPLACCB.jpg
DSC_0169.jpg

Esta quinta-feira o palco é entregue a RUI AZUL (sax) & WOLFRAM MINNEMANN (piano)

AzulMinnemann.jpg

Rui Azul conheceu Wolfram Minnemann nos anos 70, na cave da casa de Rui Veloso, então seu colega de liceu e amigo. O denominador comum na época e no presente concerto são os Blues, género musical que serve de base para o blues-shout na voz e o boogie/honky-tonk no piano de Minnemann e para o contraponto e discurso do sax-tenor de Rui Azul, onde se distinguem influências do jazz mainstream, de funky-jazz (dos 50's) e de bebop.

RUI AZUL (saxofone tenor, flauta). Nasceu no Porto e estudou na Academia dos Amadores de Música. Nos anos 80 viveu na Holanda, tendo integrado a banda residente do B14 Jazz Club de Roterdão. Editou até à data Pressões Digitais (1991) e À Bolina (2005) e tocou, entre outros, com George Adams, Frank Wright e Telectu. Além de liderar o seu quinteto, Rui Azul Índex, é membro da Minnemann Blues Band e compõe música para teatro, cinema e televisão.

WOLFRAM MINNEMANN (piano, voz). Alemão, estudou piano no conservatório de Hamburgo, onde a partir dos 15 anos se iniciou em bandas de Dixieland. Em finais dos anos 60 formou os The Thrice Mice, gravando para a MCA e Phonogram, com participações em Festivais Internacionais, tendo actuado com Jimi Hendrix. Vive em Portugal desde o seu casamento, liderando a banda de blues nacional há mais anos em actividade, a Minnemann Blues Band.



PROGRAMA COMPLETO DE JANEIRO


8 DE JANEIRO
RUI AZUL (sax) & WOLFRAM MINNEMANN (piano)
CCB: 22h00

AzulMinnemann.jpg

Rui Azul conheceu Wolfram Minnemann nos anos 70, na cave da casa de Rui Veloso, então seu colega de liceu e amigo. O denominador comum na época e no presente concerto são os Blues, género musical que serve de base para o blues-shout na voz e o boogie/honky-tonk no piano de Minnemann e para o contraponto e discurso do sax-tenor de Rui Azul, onde se distinguem influências do jazz mainstream, de funky-jazz (dos 50's) e de bebop.

15 DE JANEIRO
MARIA JOÃO (voz) & JOÃO FARINHA (teclados)
CCB: 22h00

JoaoeJoao.jpg

Dois intérpretes com percursos musicais distintos, mas complementares, encontram-se no mesmo palco para partilhar temas originais e os clássicos do jazz num diálogo para o qual foram convidados a voz, o piano e também a tecnologia informática ao serviço da música e os teclados electrónicos. Esta é, pois, a oportunidade para ouvir Maria João explorar, com o jovem João Farinha, um universo diferente daquele a que nos habituou.

22 DE JANEIRO
MARIA VIANA (voz) & JOAN MONNÉ (piano)
CCB: 22h00

VianaeMonne.jpg

Maria Viana e Joan Monné conheceram-se em 2003 por ocasião do Festival de Jazz do Porto, onde se apresentaram em trio com José Eduardo, a convite de Paulo Gomes (então director artístico deste festival). Este primeiro concerto conjunto foi de imediato eleito por José Duarte como o melhor espectáculo de jazz nacional desse ano. Desde então, têm-se apresentado um pouco por todo o país, desenvolvendo a enorme cumplicidade musical que partilham.

29 DE JANEIRO
SOFIA RIBEIRO (voz) & MARC DEMUTH (contrabaixo)
CCB: 22h00

SofiaMarc.jpg

Sofia Ribeiro e Marc Demuth conheceram-se há cinco anos na Escola Superior de Música da Catalunya e desde então têm mantido um bem sucedido duo que os tem levado a actuar em diversos países europeus e nos EUA. A empatia entre a voz e o contrabaixo de ambos é notável e percorre um universo temático composto pelos standards do cancioneiro norte-americano e por temas da música popular portuguesa e brasileira

1 Comments:

At terça jan 06, 10:29:00 da tarde 2009, Blogger odete pinto said...

A Dose Dupla promete!

 

Enviar um comentário

<< Home


Site Meter Powered by Blogger