20 de dezembro de 2005

Parece um filme...

250px-DSCN4650_oberlinconservatoryfront_e.jpg

O episódio que passamos a relatar parece saído de um filme de Hollywood mas é bem real e passou-se recentemente nos EUA.

Um casal oriundo de Cleveland acaba de doar 5 milhões de dólares ao Oberlin College, donativo que é o mais alto alguma vez contabilizado para financiar o ensino do jazz nos EUA (e seguramente fora dos EUA também...)

Stewart Kohl, actualmente empresário, formou-se nesta universidade em 1977 e o seu donativo será usado para construir novas instalações para o ensino do jazz.

Curioso é o pensamento deste casal que não tem qualquer ligação ao jazz ou à música sequer:

"We do enjoy music as patrons and believe in its powerful civilizing role. Since joining the Oberlin College Board of Trustees, I've come to appreciate the significance of the Conservatory".

Onde andam os Stewart Kohl deste nosso Portugal?!

Bem... tivemos o Caloust Gulbenkian, mas infelizmente para o jazz nunca houve muito dinheiro, tirando o sazonal Jazz em Agosto.

2 Comments:

At terça dez 20, 05:26:00 da tarde 2005, Anonymous maria said...

Bom, este caso será uma das poucas excepções de americanos normais. Aplicam a sua riqueza com intuito cultural e neste caso a bem do jazz. Que me perdoem, mas da generalidade dos americanos tenho a pior impressão. Basta só o facto de continuarem a eleger o snr. Bush para não merecerem a minha consideração.

 
At quinta dez 22, 01:24:00 da manhã 2005, Blogger Joao Moreira dos Santos said...

Cara Maria,

Está mais do perdoada!

Mas de facto, como me apercebi quando estive de viagem pelos EUA, este é um país de grande diversidade, pelo que há de tudo, bom e mau.

Não é assim tão incomum que grandes milionários, apesar de tudo, doem uma parte significativa, em vida em testamento, do seu patrimónioa a causas sociais ou mesmo culturais. Veja-se o caso de AndrewCarnegie, que criou o Carnegie Hall, por exemplo.

Bom Natal e excelente 2006!

 

Enviar um comentário

<< Home


Site Meter Powered by Blogger