6 de junho de 2009

Memória do Jazz em Portugal
Al Grey: Jazz Num Dia de Verão (1989)

Hoje recordamos um músico muito especial e que se fosse vivo completaria nesta data 84 anos. Referimo-nos ao trombonista Al Grey, que em Julho de 1989 actuou no festival Jazz Num Dia de Verão, no Parque Palmela, em Cascais/Estoril, juntamente com Bernardo Sassetti (piano), Bernardo Moreira (contrabaixo) e Gregory Hutchinson (bateria).

Através de dois vídeos que hoje colocámos em estreia no YouTube e de um outro que já aqui tínhamos divulgado anteriormente (o último deste post), aqui fica um pouco da alma e da música de um artista que integrou tão só as orquestras de Benny Carter (1945-1946), Jimmie Lunceford (1946-1947), Lucky Millinder, Lionel Hampton (1948-1953), Dizzy Gillespie (1956-1957) e Count Basie (1957-1961, 1964-1966 e 1971-1977).



A interpretação e, sobretudo, emoção, que Grey colocou no tema "I Can't Get Started" (canção que trata da frustração amorosa...) permanecem como um dos momentos mais tocantes da história do jazz ao vivo em Portugal. Veja-se como o trombonista toca enquanto chora ou chora enquanto toca... tocando-nos com a sua sensibilidade.



Emblemática foi também a sua actuação neste mesmo festival com a cantora Maria Viana, que convidou para com ele interpretar quatro temas, incluindo o tocante "Someone to Watch Over Me".

1 Comments:

At sábado jun 06, 07:22:00 da tarde 2009, Blogger odete pinto said...

Fantástico e inesquecível!

 

Enviar um comentário

<< Home


Site Meter Powered by Blogger