1 de julho de 2007

OJM consagrada na pátria do Jazz

press_foto01.jpg

A Orquestra de Jazz de Matosinhos conseguiu uma autêntica lança em África, tornando-se na primeira formação portuguesa a actuar no prestigiado Carnegie Hall de Nova Iorque, em concerto realizado no passado dia 25 de Junho, integrado no JVC Jazz Festival New York.

A presença da OJM enquadrou-se na festa do 80º aniversário do saxofonista Lee Konitz, músico que nos últimos anos tem vindo a colaborar com a orquestra de Matosinhos, tendo gravado com ela, em 2006, o CD Portology.

A parceria da OJM com Konitz e Ohad Talmor insere-se na política de encomendas de obras originais e inéditas a compositores nacionais e estrangeiros. Inspirado por esta colaboração, Konitz compôs novos temas e revisitou outros escritos na década de 50, proporcionando assim uma viagem de 50 anos de Jazz.

JNPDI! deixa aqui os mais francos parabéns a todos os músicos da OJM, especialmente aos seus mentores: Carlos Azevedo e Pedro Guedes. Criada em 1999 com o apoio da Câmara Municipal de Matosinhos, a OJM é o exemplo do que devia ser a aposta das autarquias no Jazz, pois vai para além de concertos pontuais, ajudando a formar novos músicos (não esquecer igualmente os programas desenvolvidos com as escolas) e a levar ao estrangeiro o nome do país.

4 Comments:

At domingo jul 01, 02:50:00 da tarde 2007, Anonymous odete pinto said...

Endereço também os meus parabéns.
Aos mentores, à orquestra, aos músicos, e também à Câmara de Matosinhos - ressaltando o último parágrafo do post - a formação de músicos!

Sem dúvida, um grande exemplo a seguir por outras autarquias.

Haverá em Portugal algum estudioso (Sociólogo, Antropólogo, por ex.) que pesquise a importância da música no desenvolvimento psicológico e comportamental de crianças e jovens ?

Quantos jovens, de meios desfavorecidos, não chegariam sequer a trilhar os caminhos da delinquência, se tivessem aprendido música ?

 
At domingo jul 01, 05:38:00 da tarde 2007, Anonymous Mário César said...

Sem dúvida, Odete. E se fizéssemos, de facto, sociologia comparada? O que se passa nesta área aqui ao lado, em Espanha, para não ir mais longe? E, já agora, em França? E nos demais países da Europa? Assim que tenha tempo, irei pesquisar. Felicito igualmente a orquestra de Matosinhos.

 
At segunda jul 02, 03:28:00 da tarde 2007, Blogger JazzMan! said...

Oi JNPDI, tudo bom?

Quero convidá-la a conhecer o meu Blog co conteúdo de Jazz. No Blog você irá encontrar cds para baixar, artigos, variedades e muito mais.

http://jazzmanmp3.blogspot.com/

msn: mpbcaetanoveloso@hotmail.com

Abraços

JazzMan!

 
At terça jul 03, 12:40:00 da manhã 2007, Anonymous Anónimo said...

...bOa MaLhA!!!


"canalha" das sopas(a.k.a.ri_SOL)

 

Enviar um comentário

<< Home


Site Meter Powered by Blogger